Home » Semana da nostalgia: Kadett

Semana da nostalgia: Kadett

Lançado em 1989, o Kadett sempre teve seus fãs, o que explica ele ter ficado na ativa até 1998, apesar de manter seu design quase intocado nesses anos todos. Inicialmente ele apareceu na versão hatchback, depois na versão station-wagon, com o nome de Ipanema, ambos disponíveis com motores potentes de 1.8 e 2.0 litros


Nos seus 23 anos de Brasil, o Kadett atingiu a marca de exatas 451.496 unidades (Kadett e Ipanema) comercializadas no mercado interno. Nesse período, a Chevrolet desenvolveu diversas versões de destaque, entre elas o Kadett Turim, série especial alusiva à Copa do Mundo de Futebol de 1990, realizada na Itália; o Kadett GSi Conversível de 1992, um dos ícones de esportividade na época; e as versões esportivas Kadett GS (de 1989 a 1991) e GSi (de 1991 a 1996) e Sport (1996 a 1997).
O Kadett foi um carro que inovou em varios aspectos da produção de veiculos no Brasil, sendo o primeiro carro produzido em serie a utilizar vidros colados (pára-brisas e traseiro), a possuir suspensão regulavel a ar, a contar com um motor a alcool injetado (junto com o Monza em 1991) e pneus serie 65 (Kadett GS 1991).
Foi o primeiro carro da Chevrolet a utilizar computador de bordo e check-control, alem de possuir o melhor coeficiente aerodinamico da época: Cx 0,30 no Kadett GS e Cx 0,32 nos demais modelos. E aí? O que você acha deste mito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *