Home » Chevrolet Monza faz 30 anos

Chevrolet Monza faz 30 anos

Você se lembra do Monza? Já teve um? Este ano ele está completando 30 anos desde o seu lançamento. Com a produção encerrada em 1996, o modelo passou a ser peça de colecionador. Foram 850 mil unidades comercializadas do clássico modelo projetado pela Opel, subsidiária da Chevrolet na Europa.
Originalmente, o modelo se chamava Ascona, mas teve seu nome mudado para o Brasil. “Ascona não soava bem para o ouvido do brasileiro, e resolvemos trocar para Monza, em referência à cidade italiana. Além disso, remetia às corridas, no circuito de Monza. Quem sabe esse não foi um dos fatores de sucesso, o nome do veículo”, afirma Pedro Manuchakian, vice-presidente de engenharia de produtos da General Motors do Brasil.
O Monza chegou às concessionárias da marca em maio de 1982, e logo em julho já havia atingido as 10 mil unidades. Equipado com motor 1.6 l, o modelo tinha carroceria hatch, e opções de câmbio manual de quatro ou cinco velocidades. Ainda em 1982, a Chevrolet lançou um motor mais potente, 1.8 l – uma resposta da marca às críticas de desempenho da unidade de força. A motorização equiparia a configuração sedã do Monza, de duas portas, que estreou um ano depois. No início de 1984, o concorrente de Ford Del Rey já tinha chegado à marca de 100 mil unidades produzidas.
A primeira versão esportiva estreou em 1985, quando a carroceria hatch ganhou uma edição S/R com detalhes exclusivos, motor 1.8 l, carburador de comando duplo e sistema otimizado de escape. Até então, o Monza era vendido apenas nas versões SL, SL/E e S/R. A versão Classic, mais luxuosa da linha, estreou somente em 1986, com câmbio automático e motor 2.0 l. Em 1990, a Chevrolet lançou o Monza com injeção eletrônica de combustível, seu primeiro modelo com tal tecnologia. Um ano mais tarde veio a segunda geração, conhecida popularmente como “Tubarão”, vendido até 1996, quando foi substituído pelo Vectra.

Deu para matar as saudades desse modelo? Comente e compartilhe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *